sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Noddy faz 60 anos


Não havia um novo livro do Noddy deste 1963. O famoso boneco de madeira criado por Enid Blyton, em 1949, existe no imaginário das nossas crianças devido às séries de televisão animadas, aos DVD's, brinquedos, jogos e espectáculos ao vivo. 
No entanto, ontem a HarperCollins publicou o livro Noddy and the Farmyard Muddle, escrito por Sophie Smallwood, neta de Enid Blyton, e ilustrado por Robert Tyndall, o desenhador oficial dos livros da série. 
O livro assinala os 60 anos da criação de Noddy e apresenta três novas personagens à Cidade dos Brinquedos - Stumpy, o elefante, o Touro e o Galispo - e "dispensa" os politicamente incorrectos Golliwogs, vítimas dos melindres anti-racistas contemporâneos (chegaram a ser eliminados das reedições dos livros), e a castigadora professora Miss Prim (mais tarde Miss Rap). Ler mais no DN

2 comentários:

Cristina Bernardes disse...

Temos ummenino autista connosco que inicialmente só ficava na escola graças ao nosso amigo Noddy...

Esta personagem acompanhou a minha infância, quando estava em França... Adorava ver o "OUI-OUI", pois é assim que se chama na terra dos gauleses.

JM disse...

Que espanto :) às vezes são as coisas mais simples que conseguem tocar mais as crianças. Pelas reacções que tenho visto nas crianças (e até bebés!) com quem contacto, o Noddy é um desses «amigos» especiais.

Bom trabalho :)

Bjs*