domingo, 15 de novembro de 2009

O Mundo Encantado de Beatrix Potter

Autor: Richard Maltby, Jr.
Título original: Miss Potter
Editora: Civilização
Páginas: 203
ISBN:
9789722625289
Tradução: Helena Machado Lope

Sinopse: Este livro é a adaptação para romance do guião do filme "O Mundo Encantado de Beatrix Potter", escrito pelo guionista Richard Maltby, Jr. Descreve a vida e obra de Beatrix Potter, a autora e ilustradora de bestsellers infantis cujo conto mais famoso é A História do Pedrito Coelho.
A imaginação e o talento para pintar foram a única fuga de Beatrix Potter a uma rotina controlada. Beatrix era uma solteirona de 30 anos, da classe média-alta inglesa da época vitoriana, cujas únicas experiências de vida dependiam das personagens que criava. A publicação dos seus livros infantis, o primeiro dos quais foi "The Tale of Peter Rabbit", catapultou-a para um novo mundo, onde pela primeira vez experimentou o sucesso, a independência e, o mais inesperado de tudo, o amor.



Opinião: A palavra «encantado» assenta que nem uma luva para descrever o mundo de Beatrix Potter. Nesse sentido, este é um livro encantador. Talvez por ter sido adaptado do guião do filme com o mesmo nome, acaba por estar despojado de tudo o que poderia ser acessório. A narrativa é muito fluída e confesso que acabei por ler mais de metade num só fôlego: quando Beatrix deixa de viver a vida através dos seus desenhos e começa a viver a sua queremos, simplesmente, saber como é que  essa  história vai acabar. E que história... 


Foi com 10 anos que Beatrix decidiu que nunca ia casar, mas sim desenhar. Quando a mãe lhe perguntou "Então, quem é que vai gostar de ti?" a jovem artista teve resposta pronta: "A minha arte. Os meus animais. Não preciso de mais amor do que isso. Ninguém precisa".
E assim foi. Beatrix chegou à idade adulta como uma «solteirona» inglesa do inicio do século XX, a quem o amor e uma vida a dois nunca tinha feito falta. No entanto, depois de tomar a arrojada decisão de se tornar numa «artista famosa» através da publicação das suas histórias para crianças (escritas e desenhadas por si) entra em contacto com sentimentos e sensações que nunca pensou existir. O resto é para descobrir - ou para relembrar, pois quem viu o filme o enredo não tem surpresas.



Tendo o filme antecedido o livro, achei muito interessante terem sido incluídas imagens estáticas de algumas cenas (Beatrix, os seus pais, Millie, outra irreverente solteirona, e Norman, o homem que virou a sua vida de pernas para o ar, surgem em diversas situações, desde a Festa de Natal até as idas à tipografia). Efectivamente, Renée Zellweger, e a sua personalidade doce e desajeitada, parece-me, à partida, uma opção perfeita para encarnar a sonhadora e encantadora Beatrix Potter.
Não resisti em ir acrescentado algumas ilustrações dos livros de Beatrix Potter, porque elas foram a única coisa de que senti efectivamente falta durante a leitura, embora sejam deliciosos os pormenores que nos explicam como é que esses amigos inseparáveis foram surgindo.

Classificação: Muito Bom (8/10)

7 comentários:

Jojo disse...

Olá!
Eu vi o filme e gostei imenso. Vou por este livro na listinha!

Bjinhos*

Páginas Desfolhadas disse...

Olá JM:

Ainda não vi o filme e lembro vagamente de ter ouvido falar no livro. Pela tua opinião parece ser um livro adorável, que fiquei com vontade de ler! Obrigado!

Boas Leituras!

JM disse...

Adorável é outra boa palavra para o definir! Fica uma óptima sensação de conforto quando acabas de ler, mais que não seja porque a maneira como tudo na vida de Beatrix se acabou por compor depois do grande desgosto que se abateu sobre ela deixa um vaga esperança no ar.. é um bocadinho aquela velha máxima ao contrário: não há mesmo mal que nunca acabe, embora o bem não dure sempre.
Obrigada e óptimas leituras.

Sophie disse...

Olá JM!!
O meu comentário prende-se com o livro que estás a ler.
É que ando a esmiuçar o Kafka à Beira-Mar e estou a gostar imenso.
Depois de saber que estás a ler um livro novíssimo que tenho debaixo de olho e com o qual estou mesmo muuuuuuito curiosa, só tenho a dizer que virei aqui quase obececadamente até saber a tua opinião!
Espero sinceramente que gostes do Murakami!
Bjs

JM disse...

:) Só li a primeira página para o típico "deixa ver se me apetece" e já o pus na minha cabeceira! Nunca li nada de Murakami e sinceramente nem sei se esta é a melhor opção, mas também nada melhor do que conhecer mais acerca do escritor para apreciar a sua arte. Está descansada que mal acabar a leitura publico logo as minhas impressões!!

flicka disse...

Não sabia quem era a Beatrix, autora de contos infantis, até ler a tua opinião e ver desenhos e fotos da verdadeira Beatrix. Julgava que era uma história ficcional de Amor, por causa da capa. É verdade, eu devia ter lido a sinopse, mas não o fizera. Agora que sei que esta Beatrix foi real, fiquei com muita vontade de ler!
Bjitos

Lígia disse...

Olá,
Não vi o filme, mas li o livro e adorei!
Beijinho e boa semana :)*