quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Murakami inspirou-se em George Orwell para escrever «1Q84»


O escritor sensação do momento, Haruki Murakami, inspirou-se na obra de George Orwell no seu último romance, «1Q84» - em japonês, o número «9» é pronunciado como a letra inglesa «Q».
O livro tem dois volumes (ao todo são 1055 páginas) e conta uma história passada em Tóquio, no ano de 1Q84. No Japão, onde foi publicado em Maio, já é (mais) um sério caso de sucesso.





Numa entrevista recente, Murakami falou sobre a diferença entre o seu romance e o de Orwell.
«1984 era um romance sobre o futuro próximo. Eu quis escrever alguma coisa oposta a isso, um romance sobre o passado recente que mostrasse como as coisas poderiam ter sido», explica Murakami.
«Isso é algo que poucas pessoas fizeram. Eu tinha essa sensação de que queria recriar o passado, em vez de reproduzi-lo. Questiono-me sempre sobre se o mundo em que estou é o real. Em algum lugar em mim, acho que há um mundo que pode ser diferente deste».
Ao ser questionado sobre se tinha sonhos tão complexos quanto os que descrevia nas suas histórias, Murakami diz que raramente sonha. Ler mais

2 comentários:

Bárbara disse...

Eu também raramente sonho,talvez seja por isso que eu queira fazer da minha vida,um sonho.
Beijooooooooooooooooooos!

Filipe de Arede Nunes disse...

Muito interessante. Não fazia ideia deste lançamento no Japão. O 1984 é um dos livros da minha vida e o Murakami o meu autor favorito na actualidade.

Vamos ver quando é que isto é traduzido para português.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes